14 de novembro de 2011

Água Oxigenada (H2O2)



Nessa postagem você saberá tudo sobre Água Oxigenada!
peróxido de hidrogênio que, em solução aquosa, é conhecido comercialmente como água oxigenada, é um líquido claro de fórmula química H2O2
Trata-se de um líquido viscoso e poderoso oxidante. É incolor à temperatura ambiente e apresenta característico sabor amargo. Quantidades pequenas de peróxido de hidrogênio gasoso ocorrem naturalmente no ar. O peróxido de hidrogênio é instável e quando perturbado, rapidamente se decompõe em oxigênio e água com liberação de calor. Embora não seja inflamável, é poderoso agente oxidante que pode sofrer combustão espontânea em contato com matéria orgânica ou alguns metais como o cobre ou o bronze.



O peróxido de hidrogênio é encontrado em concentrações baixas (3-9%) em muitos produtos domésticos para uso medicinal e como clareador da roupa e do cabelo. Na indústria, o peróxido de hidrogênio é usado em concentrações mais elevadas para clarear tecidos, pasta de papel, e ainda como combustível para ajuste e correção nas trajetórias e órbitas de satélites artificiais no espaço. Na área médica é usado como desinfetante ou agente esterilizante em autoclave de plasma. Na área química é usado como componente da espuma de borracha orgânica e outras substâncias químicas. Em outras áreas como na investigação é usado para medir a actividade de algumas enzimas como acatalase.



Usos Gerais



  • clareamento de cabelos ;
  • como antisséptico a 3%;
  • usada junto com o peróxido de benzoíla no tratamento da acne;
  • no clareamento dental.
  • na medicina veterinária.
  • em processos de esterilização a baixa temperatura, na forma de plasma
OBS: A água oxigenada vendida comercialmente é uma mistura de água e peróxido de hidrogênio, sendo que o peróxido de hidrogênio representa entre 3% e 9% desta mistura. Apesar de ser muitas vezes empregada dessa forma, "água oxigenada" não é sinônimo de "peróxido de hidrogênio".

O que se pode fazer com água oxigenada:
  1. Uma colher de sobremesa do produto usada para bochechos e mantido na boca por alguns minutos, mata todos os germes bucais, branqueando os dentes!

    Cuspir após o bochecho.
  2. Manter escovas de dentes numa solução de água oxigenada conserva as escovas livres de germes que causam gengivite e outros problemas bucais.
  3. Um pouco de água oxigenada num pano desinfeta superfícies melhor do que qualquer outro produto. Excelente para usar em cozinhas e banheiros.
  4. Tábuas de carne e outros utensílios são totalmente desinfetados após uso, com um pouco de água oxigenada. O produto mata qualquer bactéria ou germe, inclusive salmonela.
  5. Passada nos pés, à noite, evita problemas de frieiras e outros fungos que causam os principais problemas nos pés, inclusive mau cheiro (chulé).
  6. Passada em ferimentos (várias vezes ao dia) evita infecções e ajuda na cicatrização. Até casos de gangrena regrediram com o seu uso.
  7. Numa mistura meio-a-meio com água pura, pode ser pingada no nariz em resfriados e sinusites. Esperar alguns instantes e assoar o nariz. Isso mata germes e outros microorganismos nocivos.
  8. Um pouco de água oxigenada na água do banho ajuda a manter a pele saudável, podendo ser usada em casos de micoses e fungos.
  9. Roupas que precisem desinfecção (lençóis, fraldas, etc), ou aquelas em contato com secreções corporais e sangue, podem ser totalmente desinfetadas se ficarem de molho numa solução contendo água oxigenada antes da lavagem normal.

MITO OU VERDADE: ÁGUA OXIGENADA É MESMO A SOLUÇÃO PARA TUDO?

Você com certeza já usou ou pelo menos escutou falar da água oxigenada. Mas certamente não conhece todos os benefícios que esse produto pode ter. Fora que circula na internet um email com benefícios maravilhosos do produto. E aí, será que é verdade mesmo?
Segundo o professor de Cosmetologia, Maurício Pupo, a água oxigenada foi criada quando ainda não existiam os antibióticos e havia, durante a segunda guerra mundial, a necessidade de se prevenir infecções que levariam os soldados à amputação de membros. Os químicos da época perceberam que, ao se despejar a água oxigenada sobre os ferimentos abertos, observava-se a formulação de uma espuma. Pesquisando mais a fundo descobriram que essa espuma era resultado da liberação de oxigênio livre e que esse oxigênio tinha a propriedade de matar as bactérias e fungos.
A água oxigenada é considerada um agente poderoso na destruição de bactérias e fungos que possam infectar a pele. Mas é preciso ficar atento, apesar dos benefícios deve ser usada com cuidado e sempre com a supervisão de um médico.
Maurício Pupo desmistificou algumas dúvidas sobre o uso correto da água oxigenada:
Mito e verdades...
- A água oxigenada pode ser usada para bochechos e, se mantido na boca por alguns minutos, mata todos os germes bucais, branqueando os dentes
R: A água oxigenada usada nos enxaguatórios bucais para clareamento dos dentes está balanceada e diluída juntamente com outras substâncias que também protegem as gengivas. Usar a água oxigenada pura, sem acompanhamento do dentista, pode produzir sérias lesões nas gengivas e até agravar as famosas gengivites.
- Manter escovas de dentes numa solução de água oxigenada conserva as escovas livres de germes que causam gengivite e outros problemas bucais
R: Não é recomendado deixar de molho não. A água oxigenada tem uma validade curta após exposição aos germes e pode, com o tempo, se tornar uma fonte de microorganismos mais nocivos ainda. O que se pode fazer é banhar a escova na água oxigenada borrifando-a sobre as escovas após o uso. Neste caso não é preciso enxaguar e pode deixar enxugar naturalmente.
- Um pouco de água oxigenada em pano desinfeta superfícies. Excelente para cozinhas e banheiros
R: Mentira. A água oxigenada só está ativa quando houver a enzima catalase, presente no sangue, nos fluidos orgânicos e também liberada por microorganismos. Na presença desta enzima ocorrerá a liberação do oxigênio ativo e a destruição dos germes. Numa superfície pode não haver um número de microorganismos suficiente para produzir catalase e ativar o oxigênio ativo, tornando a água oxigenada totalmente inútil nestas situações.
- Tábuas de carne e outros utensílios são desinfetados após uso, com água oxigenada
R: Neste caso é válido e seguro borrifar os utensílios com água oxigenada, mas sempre após a tradicional higienização com água e detergente. Neste caso a água oxigenada desinfetará os utensílios ajudando a eliminar os microorganismos que a água e o detergente não retiraram.
- Nos pés, evita problemas de frieiras e fungos que causam problemas, inclusive o mau cheiro (chulé)R: Correto, pois ajuda a reduzir o número de microorganismos responsáveis pelas micoses e pela bromidrose (chulé).
- Passada em ferimentos evita infecções e ajuda na cicatrizaçãoR: A água oxigenada é um desinfetante muito usado em ferimentos. Quando corretamente aplicada evita infecções.
Por que a água oxigenada faz espuma quando colocada em um corte?
A água oxigenada, ou peróxido de hidrogênio (H2O2), é um produto que você pode comprar em farmácias. Mas o que você compra, na verdade, é uma solução de 3%, o que significa que o vasilhame contém 97% de água e 3% de peróxido de hidrogênio. Embora a maioria das pessoas a use como um antisséptico, a verdade é que ela não é um antisséptico tão bom assim.
A razão da água oxigenada formar aquela espuma é pelo fato de o sangue e as células conterem uma enzima chamada catalase. Como um corte ou um arranhão contem sangue e células danificadas, existe grande quantidade de catalase ao redor dessa região.
Quando a catalase entra em contato com o peróxido de hidrogênio, acaba transformando esse peróxido de hidrogênio (H2O2) em água (H2O) e gás oxigênio (O2).

2H2O2 --> 2H2O + O2
A catalase faz isso de maneira extremamente eficiente, com até 200 mil reações por segundo. E as bolhas que você vê na espuma são bolhas de oxigênio puro, sendo criadas por ela. Tente colocar um pouco de peróxido de hidrogênio em uma batata cortada, e irá acontecer a mesma coisa e pela mesma razão: a catalase nas células danificadas da batata irá reagir com o peróxido de hidrogênio.
A água oxigenada não forma espuma na garrafa ou na sua pele porque não há catalase para ajudar a reação a ocorrer, e ela é estável à temperatura ambiente.



Postar um comentário
Copyright © 2010 Revista Virtual All rights reserved.
Wp Theme by RaphaelAlves. Blogger Template by Ph